quinta-feira, novembro 11, 2004

O Rosto de Elisa

Este era o rosto da Elisa, de quem vos falei há dois meses atrás.

Este Blog tem estado em "banho Maria", por varias razões, uma das principais, era a ausência de fotografias do Bairro de Alfama.

Mas graças à gentileza da Senhora Presidente da Junta de Freguesia de S. Miguel, que me emprestou alguns livros com fotografias do Bairro, que já digitalizei, já é mais fácil prosseguir o meu projecto.

Entretanto, continuo apelando aos meus Amigos, que tenham fotografias do Bairro, o favor de as enviar para ftcb@netcabo.pt .

Vou tentar, a partir de agora, manter um contacto mais regular convosco, através dos meus textos, com histórias e curiosidades do Bairro de Alfama, a maior parte das quais, fazem parte do arquivo da minha memória.

Para a Senhora Presidente da Junta de Freguesia de S. Miguel o meu Bem Haja, pela documentação preciosa que me facultou.

18 Comments:

Anonymous Anónimo said...

João Gomes Mota pode ser que também ajude:
http://www.gomes-mota.nome.pt/joao/alfama/

Bom dia.


Weblog : http://edynet.blogspot.com/
eduardo - enviado em 12/11/2004 05:40:00

15 de novembro de 2004 às 19:19  
Blogger Serena said...

Olá! BOM DIA ALFAMA. GOSTEI. Já arrangei o LINK. Estou à espera no ponto de encontro 1BICA.
Boas e lindas FOTOS.
BJS.

16 de novembro de 2004 às 13:30  
Anonymous Anónimo said...

Então o amigo Fernando Bizarro é de Alfama?!... Bonito e castiço bairro desta nossa Lisboa.
Então vou contar-lhe um episódio, uma recordação minha que se entrelaça com Alfama. Há 34 anos, era eu muito muito jovem, estive internada no Curry Cabral. Passou por lá uma senhora aí de Alfama, já nem recordo os motivos nem as circunstãncias. ... Aliás, já nem sei como a senhora se chamava, apenas que era coxa (coxeava bastante) e morava, creio, na rua de S. Miguel... Mas parece que estou a vê-la, a ela e á alegria com que me falava da vida dela, de Alfama, e me divertia com anedotas e estórias picantes... Quando a dita senhora saiu do hospital prometeu vir visitar-me. Assim fez, apareceu-me dias depois com a habitual boa disposição e um enorme pirex cheio de arroz de tomate e carapaus fritos para o meu almoço...

O blog “A Verdade da Mentira” (do Vitor, meu marido) está praticamente inactivo. O motivo é só um: absoluta falta de tempo. Talvez seja apenas uma fase temporária... Eu propria também ando sem tempo para grandes leituras blogueiras. Mas hoje (tou a curtir uma gripezinha em casa...) consegui passear-me pelos blogs e chegar até esta Alfama Linda.

Um abraço, com pedido de desculpas pelo tamanho do conmentário e por não estar relacionado directa/ com o post.

Ana (http://a_verdade_da_mentira.weblog.com.pt/)

17 de novembro de 2004 às 15:08  
Blogger Hélder Sousa said...

Bonito blog. Obrigado pela banda sonora, pela Elisa e pelas fotografias que virão.
Um abraço.

24 de novembro de 2004 às 19:25  
Blogger a said...

olá fernando!
obrigada pelo link e por mais um blog para lermos as tuas histórias (e as de Alfama) :)

27 de novembro de 2004 às 13:11  
Blogger Aluena said...

ALFAMA linda! Querido Fernando!... Que maravilha este belíss~imo fado cantado pelo Carlos do Carmo. Muitos BJS e 1BICA.

7 de dezembro de 2004 às 19:44  
Blogger Aluena said...

Querido amigo FERNANDO, Para si todo o meu carinho, contido num POEMA feito por mim e de que deixo o final.
" Vamos Natal partilhar Abrindo o meu e teu coração, Feliz Natal, com paixão !… Sempre que alguém o fizer, todos os dias do ano, quando nasce uma criança, quando o amor é perdão. Feliz Natal com paixão !... "
Um grande abraço fraterno e 1BICA escaldada, com coscorão. V A L E U ?

19 de dezembro de 2004 às 15:03  
Blogger Poemas de amor e dor said...

Fernando não está esquecida a minha activa participação. Tenho andado atarefado.
Mas atarefado faz lembrar fado
Pereira de Alfama,
Cozido á portuguesa
E arroz de cabidela.
O grito de uma varina
Um gato À janela
É assim Alfama
Um puto à esquina
Um pintor com sua tela

Mas Alfama nunca morre
Fervilha, nunca está quieta
E o cheiro a manjericos
Deixa o Manel de alerta
Esgueira-se pela viela
À espreita da fadista Berta

Mas a Berta que tem namorado
Com uma naifa de ponta e mola
Não cede o passo ao Manel
Acudam que se matam
E o povo vem p´ra janela

De repente faz-se silêncio
É o Chico a tocar guitarra
Tudo pára todos calam
Surgem fadistas de todo o lado
É assim a nossa Lisboa
Em Alfama é tudo gente boa
Silêncio que se vai cantar o fado!
Um Abraço deste vosso amigo e desculpem esta brincadeira
Feliz 2005

29 de dezembro de 2004 às 00:46  
Blogger Alma de Poeta said...

Um feliz 2005 para ti, com tudo de bom, em especial muita saude e paz. Beijo

30 de dezembro de 2004 às 00:10  
Blogger Poemas de amor e dor said...

Fernando ando de volta de um amigo que tem um café e foi meu colega na Patrício para ele arranjar algumas coisas. O Zé contou coisas engraçadas da água das ratas
Seria um bom tema. Havia uma proposta que acho interessante de com a água termal construírem uma fonte ornamental para lembrar as águas da boa fama
ROgério Simões

2 de janeiro de 2005 às 23:38  
Anonymous Anónimo said...

Estou voltando para acompanhar nessa viagem pela memória.
Um grande abraço!

3 de janeiro de 2005 às 22:44  
Anonymous Anónimo said...

nasci e fui crescendo em alfama, conheço os becos e travessas como a palma da minha mão, conheço as tais velhinhas que este fado fala. alfama é um bairro de gente com grande coração. alfama é linda.

27 de março de 2005 às 23:31  
Anonymous Anónimo said...

caros amigos
venho por parte da Gisa do Pereira de Alfama pelo qual ainda hoje se encontra entre nós
ele e a sua querida Maria do Céu
gostava de trocar ideias e fotos se fosse possível
contacto
rlario@portugalmail.com
gisapereira@portugalmail.pt
pedro.p.a@portugalmail.pt

9 de abril de 2005 às 03:28  
Blogger Kiau Liang said...

É com alguma pena que recebo a noticia da morte da elisa.

Fui criada no 1º andar do nº1 da Rua da Adiça, a janela é a segunda por cima da antiga Belinha, e ver a Elisa ou a América, na venda foi um dos passatempo de infância...

O meu Avô era o Filipe do talho da Rua de S.Pedro, hoje saida de Alfama, matei um pouco a saudade ao ler estas breves memorias.....

Pena que tenha acabado

19 de dezembro de 2005 às 13:13  
Anonymous Um grande fã do Pereira said...

Faleceu hoje de manhã um dos homens que mais deu de si a Alafama e que promoveu e alegrou alfama e que sempre foi um grande homem.
"O PEREIRA DE ALFAMA"
sempre disposto a ajudar quem precisa e a deliciar com a comida (Cabidela entre outros) as bocas de grandes personalidades que sempre fizeram questão de frequentar o seu humilde e grandioso restaurante
amanhã será realizado o funeral dia 18 de julho de 2006 em viana do castelo

17 de julho de 2006 às 20:27  
Anonymous Anónimo said...

Enjoyed a lot! »

15 de março de 2007 às 11:17  
Anonymous Anónimo said...

Olá Meus amigos,,,ADOREI e Matei saudades ao ler estas palavras acerca do meu Bairro,,,Elisa !! a minha e Kerida Elisa...adorei sempre a Elisa ,,Brincava com ela e junto com a Tia América,,o Grande manel quem sabe,sabe de quem eu estou a falar,,eu morei na rua da Adiça ao cimo..nao posso deixar a Morada mas posso dizer o meu nome ( Pacheco ) isto diz tudo,,,,nasci nesta rua e sou sai quando casei mas quando posso volto a Este Bairro maravilhoso e digo em bem alto ( ALFAMA É LINDA ),,deixo aki o meu mail ( Rodondo@portugalmail.pt )estou ao dispor para alguma coisa acerca de AlFama..
Aproveito para deixar uma noticia trite mas tenho que revelar( O LUIS dos Escovas quem é e foi de alfama sabe de quem eu falo..O LUIS FALECEU Sexta feira dia 23...com 38 anos .....pois era 1 Amigo de Alfama..........1 abraço grande Luis deste e sempre amigo Pacheco..................

25 de março de 2007 às 17:46  
Anonymous Anónimo said...

este rosto para mim e mais lindo do mundo porque me deu avida ensinou me a ser mulher aser mae e aser aboa filha que sou hoje para o meu pai. mae adoro te e amo te muito sei que estas sempre comigo-- a este blog agradeço as boas recordaçoes que li sobre a mimha mae. obrigado por se lembrarem dessa grande mulher que criou os irmaos e que se fartou de trabalhar .obrigado

12 de maio de 2010 às 20:19  

Enviar um comentário

<< Home